....  ele se deu conta que suas palavras sem sons eram ouvidas somente na mente daqueles que sabiam ignorar os tantos ruídos vazios.


Postada entre a janela fechada e a cama desarrumada, ela confessou para o ar repetido:
Consigo sentir a brisa tornando-se tempestade,
os olhares sobre a mesa
      a tensão petrificando a nuca
            o som enlouquecedor dos pensamentos.
Onde estão minhas mãos que não alcançam seus dedos?
A chuva despenca e espanta as borboletas.
Ser bem sucedido não é sobre carreira, salário, quantidade de sapato;

Não é sobre quantos amigos, baladas ou sobre casamento e filhos;

Não é sobre números de seguidores, inscritos ou quantidade de likes;

Ser bem sucedido é sobre não precisar dessas coisas para ser feliz.


Explore o silêncio.
Escute os detalhes do mundo.
Expanda o alcance em si mesmo.

Ao Guru foi peguntado:

- Mestre, como posso decidir em quem optar quando todos me parecem iguais?

Ao tomar uma respiração, o Guru então respondeu:

- É melhor escolher quem conhecer poder, pois aquele que a primeira vez descobre, lambuza-se.


Sabe quando você vai dormir e esquece de fechar os olhos?

Para quem não quisesse ouvir ela disse: - Eu era generosa, mas uns arrancaram meus cabelos, e outros dilaceraram meus sapatos.
A confiança gera excentricidade, enquanto o medo realidade. Vivemos conjugando aquilo que nos é oposto, que desgosto.
O Amor não é algo pensado, ou algo comprado, inventado, superestimado; O amor é algo descontaminado.



Eu te quero
      e você me quer,
                     o resto é excesso

Feliz Dia dos  nAMORados


Vamos dizer
          que sabemos o que é amar
Assim fica mais fácil ver o
                                 dia clarear.


- Assim como nos sonhos, os acontecimentos da vida despertam ao tempo que fenecem.

E se poesia fosse moeda?

- Pode ser um pingo de chuva
Pode parecer um unicórnio
Pode morar dentro de uma estrela
Pode interpretar um místico
      e nada mais fará sentido. 



Você vem com a sua zoeira
achando que tá arrasando
no fundo sabe
que a tortura que faz
disfarça o limbo em que sua alma habita
Que tal lidar com o vazio ao invés de ruir seu afim?
Borá lá, buscar um real motivo para sorrir
Porque rir de outros é pleito de otário e sequelado!
 
Por vezes a certeza é confundida com clareza. Saiba que quando há clareza, dispensada é a certeza.
A solução para o medo é a confiança.